• ImunoClin

Rachadura nos Pés – Tratamento Oncológico

O tratamento quimioterápico é um tratamento oncológico feito com o uso de diferentes medicamentos isolados ou combinados para inibir o crescimento de tumores e combatê-los. Porém, esses tratamentos trazem efeitos colaterais observados em alguns pacientes, como a síndrome mão-pé (eritrodisestesia palmo-plantar).


Esta síndrome, é um efeito colateral causado por alguns quimioterápicos e por algumas drogas de alvo molecular, que pode acometer a pele das mãos e/ou dos pés dos pacientes, tornando-a seca. Entre os quimioterápicos que mais frequentemente podem causar a síndrome mão-pé:


• Capecitabina;

• Doxorrubicina lipossomal;

• Fluorouracil;

• Sorafenibe;


Em sua fase moderada, os sintomas são a vermelhidão, o inchaço e a sensação de formigamento ou queimação. Já na fase mais grave, o ressecamento pode impossibilitar atividades corriqueiras, como rachadura ou descamação da pele, feridas, dor intensa e dificuldade para andar ou usar as mãos. Por isso, é importante que o paciente comece a cuidar da hidratação da pele antes de iniciar o tratamento, a fim de proteger o organismo contra esses efeitos colaterais. Se os cuidados forem feitos da forma correta, esses efeitos aparecerão somente no final do tratamento, quando ele está prestes a terminar, ou não aparecerão.


Para que esses sintomas possam ser evitados, é preciso seguir algumas recomendações:


1. Limpeza da pele com sabonetes que não contenham parabenos ou tenham o pH da pele;

2. Hidratação mais intensa nas áreas mais ressecadas, como pés, mãos, cotovelos e joelhos;

3. Usar de calçados confortáveis;

4. Não utilizar água quente para lavagem dos locais afetados;


Caso sinta algum sintoma, consulte um médico especialista.




44 visualizações

Posts recentes

Ver tudo